Quando Procurar Um Psicólogo?


Quando procurar um psicólogo?

No decorrer de nossa existência muitas vezes nos perguntamos se somos mentalmente saudáveis e se não estaria na hora de buscar ajuda profissional.

A preocupação faz sentido: quase metade da população do planeta apresenta algum tipo de transtorno durante a vida, principalmente pessoas que vivem na correria das grandes cidades. Mas a falta de informação e o preconceito ainda fazem com que adultos e crianças sofram sozinhos em vez de procurar um profissional qualificado.

Muitas vezes a imagem do psicólogo está associada a alguém que vai apenas bater um papo, e isso, seria possível conseguir conversando com amigos ou familiares; outras, a psicoterapia está ligada a altos custos, sendo vista como um tratamento para elites; e ainda, relacionada a casos extremos, em que a pessoa que procura ajuda estaria “louca”.

Mas a psicoterapia não é esse bicho de sete cabeças!

A Psicoterapia é um processo em que questões pessoais são trabalhadas, favorecendo o autoconhecimento e o bem-estar, permitindo que a pessoa possa lidar melhor com suas emoções e com momentos difíceis pelos quais possa estar passando. Ela também permite ao sujeito lidar com os ”mal-estares” da vida e com as suas próprias limitações. Qualquer pessoa pode se beneficiar de um processo psicoterapêutico!

A psicoterapia é um espaço de construção de novas maneiras de encarar diversas situações do cotidiano, em que é possível compartilhar conflitos, medos, dúvidas e angústias e refletir junto com o psicólogo suas dificuldades e a melhor maneira de solucioná-las.


Como posso saber se preciso procurar ajuda profissional?


Muitas pessoas vivenciam situações que geralmente provocam estresse, angústia ou sofrimento. Diversas são as razões que podem desencadeá-los.

A procura por ajuda profissional deve ser feita em situações em que o desconforto emocional se torna persistente, gera sentimentos de tristeza, ansiedade, confusão, raiva ou dificulta a vivência satisfatória nos ambientes familiar, de trabalho e nas relações interpessoais.

Momentos de perdas, términos de relacionamentos, lutos ou mudanças também são frequentemente geradoras de muitas angústias e talvez seja preciso contar com um apoio profissional.

Dificuldades nos relacionamentos amorosos ou familiares, no trabalho/carreira, momento de escolha profissional, timidez excessiva, medos, comportamentos compulsivos, obesidade, ou até mesmo novas situações de vida como maternidade, novo cargo, casamento, etc. podem ser situações que mereçam um olhar profissional para que sua adaptação a elas seja mais tranquila.


Cada pessoa é única e cada um sabe qual a intensidade de seus sentimentos. Cada um vivenciará situações de maneira diferente. Portanto, somente você poderá dizer se é o momento adequado de procurar ajuda. Se sentir que precisa, não hesite. Muitas vezes, um momento difícil da vida pode se tornar mais tranquilo se você tiver alguém caminhando ao seu lado.

70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo